O Terceiro Servo
FacebookTwitterGoogle+

O Terceiro Servo

Miguel Barcelos, jornalista nascido nos Açores no ano da Revolução de Abril, lê a notícia do assassinato de um velho amigo num jornal. Decidido a investigar o sucedido, parte para os Açores. A viagem no espaço é também uma viagem no tempo, sobretudo um longo percurso de confrontação interior.

O livro apresenta duas linhas condutoras: a recordação das relações entre o jornalista e o morto e as divagações sobre si próprio.
O primeiro confronto desta história é o que opõe os Açores a Lisboa, a cidade onde Miguel vive na convicção de que triunfou. Mas outras questões se interpõem: amor, relações sociais, pedofilia, o fim do milénio, a revolução, o futebol, a economia e até mesmo a fúria dos elementos naturais; tudo se misturando e interpondo como um universo que levanta demasiadas questões, o que abala profundamente as convicções do protagonista. Mas Miguel opta pelo cómodo caminho da ignorância. À semelhança do terceiro servo, prefere fechar os olhos ao desafio que a vida lhe lançou em nome de uma estabilidade falsa mas imediata. Afinal, o jornalismo é o máximo a que Miguel pode ambicionar, o que já por si implica a soma possível de toda a sabedoria e de toda a ignorância do mundo e uma visão desdenhosa sobre o lado superficial das coisas, num impulso de síntese enganador mas assumido.

«Um romance fantástico “passado nos Açores” e que brilha pela construção do personagem principal, pela capacidade de fazer da memória (da adolescência e primeira juventude) um material literário fulgurante e fascinante.» | Francisco José Viegas, Record.

«Uma história do nosso tempo. […] Trata-se de um escritor que “nasce” e já vem “crescido”.» | Appio Sottomayor, A Capital.

«Um romance de uma agilidade rara, quer no ritmo da escrita quer na sua montagem — subtil, inteligente, complexa.» | António Tavares-Telles, O Jogo.

«Estreia mais do que auspiciosa no universo literário nacional. […] A ler com muita atenção.» | Luís Nunes, Diário Económico.

Editora: Editorial Presença (2000)
Comprar: Wook