© Triunfo do Amor Português (2014)
FacebookTwitterGoogle+

Triunfo do Amor Português

São doze histórias de amor português que o tempo consolidou, recriadas pelo escritor Mário Cláudio.

Entre o domínio da História e do lendário, Mário Cláudio atualiza e tenta tornar compreensíveis estas histórias de amor que foram também de transgressão. («As verdadeiras histórias de amor são uma transgressão», disse o autor ao Primeiro de Janeiro). No prefácio ao livro, Agustina Bessa-Luís escreve: «O Triunfo do Amor Português, recolhendo lendas, inventando situações e personagens, pertence ao campo semântico da palavra cuja origem é a do encantamento. É uma conversa mágica [...]».

Com ilustrações de Rogério Ribeiro, as doze histórias são: «A Bela Menina»; «Dom Pedro e Inês de Castro»; «Leonor Teles e João Fernandes Andeiro»; «Roberto Machin e Ana de Arfet»; «Luís de Camões e a Infanta Dona Maria»; «Mariana Alcoforado e o Conde de Chamilly»; «Dom João V e Madre Paula»; «Tomás António Gonzaga e Marília de Dirceu»; «A Severa e o Conde de Marialva»; «Camilo Castelo Branco e Ana Plácido»; «Dom Pedro V e Dona Estefânia»; «António Nobre e Alberto de Oliveira».

«O amor à portuguesa, tema deste livro de Mário Cláudio, escrito de maneira vernácula e às vezes irónica, esclarece-nos sobre a importância da culpa nos caminhos do amor. [...] Nem uma só das narrativas está despojada de culpa. Porque o amor se previne com a culpa para ser agente de mudanças. Se fosse preciso afirmar Mário Cláudio como um escritor, este livro Triunfo do Amor Português vinha coroar a sua obra.» | Agustina Bessa-Luís, prefácio.

Editora: Publicações Dom Quixote (2004)
Comprar: Wook