O Pintor debaixo do Lava-loiças
FacebookTwitterGoogle+

O Pintor Debaixo do Lava-loiças

Livro distinguido com o Selo Cátedra 10 2016, da UNESCO.

Direitos vendidos para: Brasil, Colômbia, Eslováquia e língua árabe.

A liberdade, muitas vezes, acaba por sobreviver graças a espaços tão apertados quanto o lava-loiças de um fotógrafo. Esta é a história, baseada num episódio real (passado com os avós do autor), de um pintor eslovaco que nasceu no final do século XIX, no império Austro-Húngaro, que emigrou para os EUA e voltou a Bratislava e que, por causa do nazismo, teve de fugir para debaixo de um lava-loiças.

«Está no topo dos melhores escritores portugueses da atualidade. [...] Quero que toda a gente o leia e perceba que já estamos a ler os livros do futuro, já estamos diante de um dos melhores que o futuro tornará facilmente óbvio nas bibliotecas de todos» | Valter Hugo Mãe.

«[...] um romance muitíssimo inventivo e bem escrito – digno sucessor do magnífico A Boneca de Kokoschka (Quetzal, 2010). [...] No manifesto gozo com que trabalha a linguagem, nota-se sobretudo neste autor a convicção de quem acredita firmemente no poder imenso, quase mágico, da literatura [...].» | José Mário Silva, LER.

«Os aforismos diluem-se na prosa e aparecem sem grande alarido, o que, juntamente com uma narrativa incisiva mas constante, resulta numa escrita fluida servindo uma história imaginativa e rica.» | Emanuel Madalena, Público.

«Afonso Cruz centra-se mais nas emoções, tem frases lindíssimas sobre a vida, também as há cruéis, mas sempre (ou quase sempre) acertando no alvo.» | Cristina Torrão, Andanças Medievais.

«Afonso Cruz reúne en este libro una serie de reflexiones en torno a la naturaleza humana y del arte en un rico tejido poético de una exquisita belleza.» | Mapa de lecturas.

«[U]m livro que merece toda a atenção. Simples e imaginativo. Recomendo sem reservas e sem restrições. É livro para todos.» | Bruno Carriço, Fragmagens.

«Para quem nunca leu Afonso Cruz deixo a recomendação de que o faça. O rapaz é um artista!» | 100 Cabeças.

«As personagens fantásticas, a história encantadora.» | Ler é viver.

«Um homem que inventa estórias dentro de histórias desta forma merece uma ovação de pé, todos os olhos sobre os seus livros e uma parede pintada de agradecimentos.» | Miguel Jerónimo, Rabiscos do Luar.

Editora: Editorial Caminho (2011)
Comprar: Wook