O Baú Contador de Histórias (2014)
FacebookTwitterGoogle+

O Baú Contador de Histórias

Com 13 anos, Noé sonha ser estadista. Com a ousadia de quem, antes de se governar, aspira a liderar um povo, o jovem Noé submete-se a um ritual de iniciação: a subida ao sótão, território de ancestrais mistérios. No sótão, o inverosímil acontece.

À boa maneira de Xerazade, Noé redime do degredo um baú que se revela exímio a contar histórias. Inspirado n’ As Aventuras do João Sem Medo, a metamorfose do baú e as viagens de Noé consagram o desembarque de Tiago Salazar no terreno fértil da tradição satírica. Do baú irrompe um dilúvio de foliões, membros de uma trupe imaginária que domina um país feito sótão. Destacam-se, no cortejo, homens das «máquinas partidárias», políticos que sofrem de reforma antecipada — quiçá pelo desgaste de tantas ejaculações à boca das urnas —, escritores leais à bênção da «velha senhora», jovens rapazes versados em epopeias contra a inclitoriana geração, padres empenhados em trocar as escrituras por miúdos e um vidente que só não adivinhou a sua necessidade de viver longe dos homens, entre outras figuras mais ou menos públicas.

Editora: Nova Delphi (2014)
Comprar: Wook