O ano sabático (Quixote)
FacebookTwitterGoogle+

O Ano Sabático

Livro incluído no Plano Nacional de Leitura.

Direitos vendidos para: Alemanha (Droemer Knaur), Brasil, França (Actes Sud).

Depois de treze anos de vida desregrada no Quebeque, Hugo, um contrabaixista de jazz, decide tirar um «ano sabático» e regressar a Lisboa, onde espera reencontrar o equilíbrio junto da família. Porém, logo numa das primeiras noites, assiste ao concerto de Luís Stockman — um pianista que se tornou recentemente famoso —, e a almejada paz transforma-se no pior dos pesadelos: Stockman toca um tema inédito que Hugo conhece bem demais, pois é o mesmo que vem escrevendo há anos na sua cabeça…

Quando o começam a confundir na rua com o pianista — e a própria mãe lança a dúvida sobre a sua identidade —, Hugo encetará uma busca obsessiva da verdade e do seu duplo, entrando num labirinto de memórias e contradições que o conduzirá a um destino muito mais funesto do que imaginara ao deixar Montreal. É nessa mesma cidade que Stockman desaparecerá, curiosamente, mais tarde, segundo nos conta o seu melhor amigo — o narrador deste romance — a quem cabe agora desmontar os acontecimentos, destrinçar fantasia e realidade e enfrentar as assustadoras e macabras coincidências que unem, como num espelho, a vida dos dois músicos.

«[...] está aqui o narrador-escritor e aquela costela anglo-saxónica de contar uma história do princípio ao fim, e não lhe negar o suspense, [...] Para ler com a lanterna acesa [...]» | Ana Dias Ferreira, TimeOut Lisboa

«João Tordo tem uma capacidade enorme de efabulação que não se encontra facilmente.» | José Saramago, durante a entrega do Prémio Saramago 2009

«[...] a precisão e a contenção da escrita são o veículo perfeito de uma história imaginativa e bem contada.» | Rui Azeredo, Porta-Livros

«Estou maravilhado com o estilo de escrita do autor.» | Denis Johnson

Editora: Publicações Dom Quixote (2013)
Comprar: Wook