Máscaras de Salazar (2007)
FacebookTwitterGoogle+

Máscaras de Salazar

Uma obra decisiva para a compreensão do século XX português, Máscaras de Salazar é a recriação de uma crónica pessoal a partir de testemunhos, de diálogos, de declarações, de confidências, de segredos que Fernando Dacosta teve com vários protagonistas (e opositores) do Estado Novo, inclusive Salazar.

Para julgar é preciso compreender. Daí o contributo deste livro, memória de gerações de pessoas convictas de um desígnio que foi morrendo com elas. É urgente reter a palavra, o testemunho com que influenciaram para sempre o nosso presente e o nosso futuro. Através de dezenas de depoimentos inéditos, incluindo os do próprio Salazar e de D. Maria, a governanta-virgem, a revelação de dados até agora completamente desconhecidos: O ex-presidente do Conselho não caiu de nenhuma cadeira. Conservou, escondidas, duas cápsulas de cianeto fornecidas por Hitler. A Pide matou Delgado sem o seu conhecimento. Foi ele que sugeriu a fuga de Cunhal da prisão de Caxias. As razões que levaram a Santa Sé a considerá-lo a «encarnação viva do demónio».

Editora: Casa das Letras (2007)
Comprar: LeYa Online