FacebookTwitterGoogle+

Jesus Cristo Bebia Cerveja

Prémio Time Out — Livro do Ano 2012; Melhor Livro do Ano segundo os leitores do jornal Público 2012.

Direitos vendidos para: Brasil (Objetiva), Itália (La Nuova Frontiera), língua árabe (Masciliana), língua espanhola (Alfaguara), língua francesa (Les Allusifs).

Uma pequena aldeia alentejana transforma-se em Jerusalém graças ao amor de uma rapariga pela sua avó, cujo maior desejo é visitar a Terra Santa. Um professor paralelo a si mesmo, uma inglesa que dorme dentro de uma baleia, uma rapariga que lê westerns e crê que a sua mãe foi substituída pela própria Virgem Maria, são algumas das personagens que compõem uma história comovente e irónica sobre a capacidade de transformação do ser humano e sobre as coisas fundamentais da vida: o amor, o sacrifício, e a cerveja.

Jesus Cristo Bebia Cerveja é o novo e esperado romance de uma das vozes mais fortes e originais da literatura portuguesa atual, a que é impossível ficar indiferente.

«Afonso Cruz é uma das vozes que com mais força tem despontado no panorama literário português». | Antonio Sáez Delgado, El País.

«Afonso Cruz diverte e comove com ironia, dando-nos uma comédia  sobre as coisas mais importantes da vida: o amor, o sacrifício e… a cerveja.» | Stefania Parmeggiani, La Reppublica.

«Imperdível, delirante.» | António Torrado, TSF.

«Afonso Cruz pode ter pedido o cenário de empréstimo a Manuel da Fonseca, mas tudo o resto é fruto da sua exuberante imaginação.» | José Mário Silva, Actual, suplemento do jornal Expresso. 

«Borges, o argentino, vem sempre à baila quando se fala de Afonso Cruz. Não há necessidade. A prosa limpa (e culta) dos seus livros dispensa a muleta.» | Eduardo Pitta, Sábado. 

«[...] aconselho este delírio ficcional aos que gostam de personagens bem desenhadas, enredos inventivos, escritores com coluna vertebral [...]» | Maria do Rosário Pedreira, Horas Extraordinárias

Editora: Alfaguara (2012)
Comprar: Wook