itinerários
FacebookTwitterGoogle+

Itinerários

Um caminhante incansável experimenta mapas e vozes sucessivas e percorre um mapa imaginário de múltiplas escalas, ficcionadas sobre o sedimento da memória, sobre o contemplado e o lido. Esta é a imagem primeira que nos fica dos contos reunidos por Mário Cláudio nos seus Itinerários.

Mais do que uma mostra retrospetiva de textos escritos e publicados entre 1976 e 1993, a coletânea constitui um percurso de rotas e experiências a que a ficção deu corpo.

Editora: Publicações Dom Quixote (1993)
Comprar: Wook