Correio de Droga
FacebookTwitterGoogle+

Correio de Droga

Uma obra baseada no relato de um antigo correio de droga português, que esteve em contacto com algumas redes de tráfico entre Espanha e Colômbia. O livro conta a história de Marco e da sua ida para Madrid, onde conheceu um grupo de dominicanos que o iniciaram no transporte de cocaína entre aeroportos.

Começou como «mula» — nome dado aos tripulantes que engolem droga para a conseguirem introduzir noutros países — e continuou a sua evolução no narcotráfico internacional através de um sistema em que os polícias de Bogotá e de Madrid eram subornados para deixar passar a carga ilegal. No meio desta aventura, esteve preso em Cartagena e, depois de pagar às autoridades colombianas avultadas quantias, conseguiu sair. Na Colômbia privou ainda com elementos pertencentes aos grandes cartéis de cocaína e conheceu as várias faces deste gigantesco negócio, desde as FARC aos paramilitares. De regresso a Portugal, esteve próximo do tráfico de rua por alguns anos e conta tudo aquilo que se faz com a cocaína desde a zona de produção — seja África ou América Latina — até chegar às ruas das principais cidades europeias, incluindo Lisboa e Porto. Uma história impressionante de alguém que sentiu na pele as alegrias e os dissabores do narcotráfico. A experiência de Marco é poderosa, recheada de crime, violência, sangue-frio, sexo e perda. Um livro não aconselhado aos leitores mais sensíveis.

«O autor narra a história não ficcionada, da vida de um correio de droga sem grandes rodeios, sendo muito directo e conciso. Não existe uma ligação nem identificação, mas sim uma lição a reter.» | Clube dos Livros.

Editora: Livros d’Hoje (2011)
Comprar: Wook