9898093011
FacebookTwitterGoogle+

A Mulher Que Prendeu a Chuva

Obra distinguida com o Prémio Máxima de Literatura, 2008, e o Prémio de Literatura da Fundação Inês de Castro, 2008.

Traduções da obra e edições estrangeiras:

A Mulher Que Prendeu a Chuva encontra-se traduzido na língua árabe, pelas Éditions Racine (Marrocos).

A Mulher Que Prendeu a Chuva reúne 14 contos que partem da vida quotidiana mas se abrem, insensivelmente, a outros mundos — oníricos, fantásticos, terríveis ou absurdos —, que nem por isso deixam de nos pertencer e de ser o lugar onde habitamos.

«Na pulsão ou compulsão narrativa, que parece mover mesmo as personagens mais silenciosas ou interiorizadas, nada é neutro, e o que estas histórias exibem, as mais sinistras como as mais ligeiras, é uma espécie de analítica da necessidade de julgar.» | Gustavo Rubim, Ípsilon, suplemento jornal Público.

Editora: Sextante Editora (2007)
Comprar: Wook