capa A máquina do arcanjo
FacebookTwitterGoogle+

A Máquina do Arcanjo

Em A Máquina do Arcanjo, Frederico Lourenço prossegue a narrativa semiautobiográfica iniciada em Amar não acaba. O jovem narrador vê-se agora a braços com um amor de caixão à cova e com o processo doloroso que o transformaria de músico em helenista.

Editora: Cotovia (2006)
Comprar: Wook