Capa_v3.cdr
FacebookTwitterGoogle+

A Locomotiva

O poema «Lokomotywa», publicado pela primeira vez em 1938, é talvez a obra mais famosa da literatura infantil polaca, escrita pelo modernista Julian Tuwim, considerado por alguns críticos como o maior escritor do Modernismo polaco.

«Lokomotywa» é um poema curto, de 61 versos, cheio de jogos de palavras e fortemente onomatopaico, onde as palavras contam e fazem os sons da viagem de uma locomotiva.

O poema é tomado muitas vezes como o melhor exemplo das potencialidades fonéticas e significativas da língua polaca. Conta já com inúmeras edições na Polónia, antigas e recentes, já foi ilustrado por vários artistas e actualmente faz parte das leituras escolares obrigatórias do primeiro ciclo na Polónia.

«A edição é lindíssima, as ilustrações realçam a riqueza e o humor do texto de uma maneira muito fina e original [...]» | Eva Tuwin.

«Traz [...] surpresas de uma estética visual repleta de originalidade criativa que nos deslumbra e devora o olhar, a cada virar de página uma nova surpresa com que Paulo Galindro nos presenteou neste livro que faz desejar viajar com ela entre os dedos de uma criança…» | Tudo o que um lápis pode conter.

Editora: Qual Albatroz (2012)