1147 - O Tesouro de Lisboa
FacebookTwitterGoogle+

1147 — O Tesouro de Lisboa

Quando parte com o mais veloz dos cavalos em direção ao Porto, Raul Santo-Varão tinha em mãos uma missão secreta em nome do rei, D. Afonso Henriques. Os cruzados estavam a caminho da Terra Santa, com paragem em Portugal. Era necessário convencê-los a permanecer e ajudar o rei na reconquista de Lisboa. Os rumores de um tesouro de riqueza incalculável, enterrado nas muralhas da cidade, eram motivo suficiente.

Contudo, D. Afonso Henriques, refém das intrigas dos bispos portugueses e dos monges de Cister, tem um objetivo claro: aproveitar a reconquista da cidade para eliminar todos os cristãos moçárabes. É preciso matar em nome de Deus. Raul Santo-Varão é o repórter desta história empolgante, onde a intriga se mistura com a aventura e a morte com o amor. Espião, agente secreto e cronista, Santo-Varão tenta mudar o rumo dos acontecimentos. Mas os dados estão lançados. A 15 de Outubro de 1147, começa a batalha pela conquista de Lisboa.

Editora: A Esfera dos Livros (2006)
Comprar: Wook